Taubaté: Sindicato repudia agressão a repórter pelo prefeito

A Regional do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Mantiqueira repudia a agressão sofrida pelo repórter fotográfico Marcos Limão, efetuada pessoalmente pelo  prefeito...

A Regional do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Mantiqueira repudia a agressão sofrida pelo repórter fotográfico Marcos Limão, efetuada pessoalmente pelo  prefeito Roberto Peixoto (PMDB), durante uma cobertura de reunião com os comissionados da Prefeitura em pleno horário de expediente, em local público (auditório do Parque Itaim).

O fotógrafo, que trabalha para o jornal Contato, tinha informação que o prefeito faria uma reunião partidária em pleno horário de expediente com funcionários da Prefeitura. E fez o flagrante. O prefeito teria a pretensão de mobilizar os comissionados da Prefeitura para apoiar a indicação Anthero Mendes Pereira Júnior para ser o candidato do PMDB em 2012

Flagrado, Roberto Peixoto (PMDB) ficou nervoso, tentou ir pra cima do repórter e chegou a ser contido pelos funcionários da Prefeitura. Em nota, a Prefeitura de Taubaté protestou contra a atitude do repórter, alegando que ele "invadiu o auditório do Parque Municipal do Vale do Itaim, local em que o prefeito Roberto Peixoto coordenava uma reunião de trabalho com diversos diretores e assessores. “A atitude do repórter e, em consequência, do jornal, é uma demonstração do desrespeito com o poder público".
Segundo Marcos Limão,há uma tentativa de cercear e criminalizar o trabalho da imprensa. "E não há como se falar em invasão de reunião, já que o encontro acontecia em local público, em horário de expediente e todas as portas estavam abertas" 

O Sindicato ressalta que cabe à imprensa exatamente a fiscalização do poder público e que episódios como o ocorrido com o repórter Marcos Limão se caracterizam como abuso de poder.