“O Sindicato somos nós” diz Thiago Tanji durante a posse da nova diretoria do Sindicato

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

Eleita democraticamente nos dias 3 e 4 de agosto com 97% dos votos, a nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (SJSP) foi empossada em ato virtual na última sexta-feira (3). O mandato, que se iniciou em agosto de 2021, segue até agosto de 2024.

Ao passar o bastão ao novo presidente do Sindicato, Paulo Zocchi, que comandou o SJSP por seis anos e meio, agradeceu a oportunidade e confiança depositada para gerir a entidade. “Digo, de coração aberto, que foi muito gratificante poder me dedicar a construir e fortalecer nossa entidade durante esse período e me dedicar a defender os direitos dos jornalistas e a democracia em nosso país em tempo integral”, afirmou.

Além de destacar que a força do Sindicato está em uma construção coletiva, nas quais o rumo e a condução são realizados por toda a diretoria e, mais amplamente, pelo conjunto dos jornalistas sindicalizados, Zocchi fez um balanço da última gestão que foi marcada pela ascensão do governo Bolsonaro e pela pandemia.

Balanço

Durante ato virtual de posse da nova diretoria do SJSP, Paulo Zocchi fez um balanço da última gestãoDurante ato virtual de posse da nova diretoria do SJSP, Paulo Zocchi fez um balanço da última gestão

Zocchi pontuou o esforço permanente do SJSP em aumentar sua capacidade de ação e resposta às demandas da categoria e ressaltou as principais atuações sindicais do último período, como a defesa da saúde dos jornalistas durante a pandemia, a defesa da democracia e o avanço nas condições materiais e políticas da organização.

Sobre a atuação do Sindicato durante a pandemia, destacou-se a elaboração de um protocolo com medidas a serem seguidas pelas empresas e que foram elaboradas com o conjunto dos jornalistas para garantir as condições sanitárias e proteger a categoria da contaminação pelo coronavírus.

Já na defesa da democracia no país, o ato realizado na Faculdade do Largo São Francisco, em 2019, em conjunto com diversas entidades foi simbólico. Com a participação de mais de mil pessoas, o Sindicato defendeu a democracia e o jornalista Glenn Greenwald, que estava sendo atacado em virtude das matérias que denunciavam a Operação Lava Jata. Além do ato, Zocchi citou a atuação do Sindicato contra as agressões cometidas por Bolsonaro contra a democracia e contra os jornalistas, que se deu por meio do apoio ao pedido de impeachment formulado pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e a ação de danos morais movida pelo Sindicato contra o presidente da República diante dos sistemáticos ataques contra jornalistas.

Por último, o avanço nas condições materiais e políticas do Sindicato foi pontuado com o reforço da sindicalização durante a pandemia, que demonstra a eficiência e eficácia na defesa da profissão. Zocchi apontou que o aumento da sindicalização ainda é um desafio para a próxima gestão.

Nova direção toma posse

Em nome da nova direção que toma posse, o jornalista Thiago Tanji discursou: “O Sindicato somos nós, é o nosso trabalho e a nossa luta de todos os dias. É a nossa identificação com os e as jornalistas do estado de São Paulo. Nos últimos anos, eu tenho certeza de que a categoria também entendeu o que é um sindicato e, principalmente, o que é o nosso Sindicato dos Jornalistas.”

O presidente empossado reiterou que a efetivação do compromisso social das empresas jornalísticas só é possível devido a presença dos e das jornalistas. Para ele, a atuação sindical da nova diretoria impõe a responsabilidade de abranger toda a categoria, independente de onde estiver e quais condições de trabalho estiver submetida. “Que em nossas reuniões miremos um objetivo ousado, mas factível e que o nosso sindicato consiga ser uma referência para toda a categoria em todos os momentos: na luta sindical, na luta política e também em eventos culturais, em atividades de formação e nas boas ideias que surgem no diálogo constante com as sindicalizadas e sindicalizados”, desejou Tanji.

Após a fala de Thiago, a carta compromissa foi lida pelos integrantes da diretoria, Rafael Benaque e Camila Fernandes. A carta compromisso da nova gestão é a carta programa divulgada pela chapa 1 – Unidade em defesa dos jornalistas e da democracia.

Franklin Valverde, reeleito à Comissão de Ética, homenageou, em nome de todos os membros, a jornalista Rose Nogueira que deixa a Comissão, que toma posse juntamente com a nova diretoria. Para o próximo período, pretendem defender cada vez mais a atuação ética dentro da profissão e levar o debate para junto da sociedade. “Não podemos deixar essa discussão somente entre nós, a sociedade tem que se engajar e perceber o quanto é necessário a prática ética na nossa profissão”, alertou. Valverde agradeceu ainda o apoio logístico que a diretoria deu à Comissão em sua última gestão e destacou que a atuação é independente, o que não impede uma atuação conjunta.

Mensagens à nova diretoria

Diversas entidades e personalidades do meio político e jornalístico participaram da posse, reforçando os desafios postos à nova gestão do Sindicato seja em defesa dos próprios jornalistas como em defesa da democracia.

Luiz Cláudio Marcolino, vice-presidente da CUT São Paulo, destacou que o Sindicato dos Jornalistas se manteve firme e forte na defesa dos salários e das condições de trabalho da categoria e sempre resistiu aos ataques sofridos pelas entidades sindicais, apoiando outros sindicatos e toda a classe trabalhadora.

Já a presidenta da Fenaj, Maria José Braga, destacou a importância do Sindicato dos Jornalistas para a categoria no estado, para os jornalistas de todo o país e para os demais sindicatos de jornalistas filiados à Federação. Zequinha destacou o gravíssimo momento pelo qual passa o país e que impõe desafios à nova direção: “Os ataques são cada vez mais diretos e, no Brasil, é feito pelas medidas do Executivo em conluio com o Legislativo e a série de MP [Medidas Provisórias] adotadas pelo Bolsonaro, que são contrárias à classe trabalhadora. Então, os desafios são imensos e quanto maiores são os desafios, maiores são nossa disposição para luta, então acredito que os companheiros estão comprometidos com a luta pela defesa da democracia, a defesa do jornalismo e a defasa dos jornalistas.”

O vice-presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, destacou a importância em valorizar os profissionais de imprensa neste momento tão importante no qual se debate a liberdade de imprensa. Para ele, a única forma de valorizar a categoria é por meio do Sindicato, especialmente na atual conjuntura.

Luciana Santos, do PCdoB, ressaltou que o grande desafio dos profissionais de imprensa e dos dirigentes do SJSP é cumprir seu papel para elevar a consciência do povo brasileiro sobre a importância da comunicação sem mentiras. Luciana ainda pontuou os desafios a serem enfrentados como as ameaças a liberdade de imprensa e à democracia.

Guilherme Boulos, do PSOL, parabenizou a nova diretoria não só pela posse como pela unidade de diversos setores da categoria que resultaram na nova diretoria. Boulos reconheceu os ataques sofridos pela categoria promovidos pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e ofereceu apoio e solidariedade às lutas da categoria em defesa da democracia, dos direitos trabalhistas e sociais.

Representando o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), Beth Costa desejou força à nova direção diante dos desafios postos neste momento de crise econômica, sanitária, social e institucional. Segundo ela, o momento exige muita disciplina, organização, empenho e resistência de todos nós.

O jornalista Juca Kfouri lembrou do papel do Sindicato dos Jornalistas em defesa da democracia desde os tempos da ditadura e deu um conselho à nova direção: “Não se esqueça em minuto algum que o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo é uma trincheira pela democracia no país.”

Assim como Juca, a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, reforçou a importância do Sindicato em defesa não só da categoria como uma luta pelo Brasil e pela democracia.

Para assistir a transmissão do ato de posse, clique aqui.