Nova diretoria da APCA é eleita com votação no Sindicato

 
A APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), mais tradicional entidade do jornalismo cultural brasileiro, escolheu sua nova diretoria para o biênio 2015-2017 em...

apca sindicato

 

A APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), mais tradicional entidade do jornalismo cultural brasileiro, escolheu sua nova diretoria para o biênio 2015-2017 em votação na noite última quarta-feira  (12), no histórico auditório Vladimir Herzog do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo, na capital paulista.

Foi eleita, por unanimidade, a chapa formada pelo presidente José Henrique Fabre Rolim, crítico de artes visuais, e o vice-presidente Miguel Arcanjo Prado, crítico de teatro. Ainda compõem a chapa vencedora Fernando Serapião (arquitetura), como secretário, Gabriel Kwak (literatura), como tesoureiro, além de Dalva Abrantes (artes visuais), Vinício Angelici (teatro) e José Cetra Filho (teatro) no conselho fiscal.

O presidente da APCA lembrou a tradição da entidade: " A APCA tem uma história longa, tem peso. O Prêmio APCA é uma chancela de qualidade. Até porque os críticos membros são todos de alto nível, antenados e atuantes do jornalismo cultural brasileiro", declarou José Henrique Fabre Rolim, afirmando que pretende "modernizar e trazer novas perspectivas à APCA" em sua gestão. O vice-presidente fez coro ao discurso: " Que a Associação Paulista de Críticos de Artes continue sua brilhante e tradicional trajetória de jogar luz sobre todas as artes", disse Miguel Arcanjo Prado.

Atualmente, a APCA conta com 11 categorias: arquitetura, artes visuais, cinema, dança, literatura, música popular, música erudita, rádio, teatro, teatro infantil e televisão.

História

O início do surgimento do que viria a ser a APCA data de 1951, quando oito críticos teatrais liderados por Nicanor Miranda fundaram a seção paulista da Associação Brasileira de Críticos de Teatro (ABCT). Já em 1956, sob gestão do presidente e crítico teatral Décio de Almeida Prado, foi criada a Associação Paulista de Críticos de Teatro (APCT).

Em 1971, o presidente da APCT, o crítico teatral João Apolinário, resolveu abrir a entidade a outras áreas artísticas. Assim, em 1972, ela ganhou o nome atual: APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes).

 

 

Legenda: O presidente da APCA, José Henrique Fabre Rolim (à esquerda), e o vice-presidente, Miguel Arcanjo Prado, logo após serem eleitos, no auditório do Sindicato

Foto: Silvana Garzaro