Com tradutores em greve, EBC usa google para traduzir textos, e Boate Kiss vira Besos en Club

Trabalhadores da estatal denunciam "erros bizarros" em textos publicados pela empresa em língua inglesa e espanhola

Por Igor Carvalho - Brasil de Fato

Os tradutores da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), em greve há quase duas semanas, foram substituídos pelo Google Tradutor. O sistema, que faz traduções automáticas, não é preciso, e a estatal, que não tem editado os textos, publica reportagens em espanhol e inglês com erros bizarros.

O texto em espanhol sobre o júri popular do caso do incêndio da Boate Kiss, que culminou na morte de 242 pessoas em Santa Maria (RS), traduziu o nome da casa noturna para “Besos em club nocturno”.

Em outra reportagem, também em espanhol, o sistema de “inteligência artificial” traduz o aplicativo Gov.Br, que funciona como linha de comunicação entre o governo federal e os cidadãos, para “Gobernador BR.”

O título do texto “CNI: sete em cada 10 indústrias têm dificuldades para comprar insumo” foi traduzido para “CNI: seven out of 10 industries have difficulty buying input”. “’Input’ não quer dizer “insumo” neste contexto. O erro se repete na reportagem, inclusive em um dos intertítulos, que por sua vez não parecem seguir a mesma regra de uso de maiúsculas”, criticam os tradutores.

Em um manifesto, os tradutores da EBC criticaram o trabalho realizado pela empresa durante a ausência dos trabalhadores. “A utilização deste recurso, da maneira como vem sendo feita, desqualifica o trabalho realizado há mais de uma década pelo Serviço de Língua Estrangeira, setor responsável de selecionar, contextualizar, preparar e traduzir matérias da Agência, em inglês e espanhol, tendo como alvo o público estrangeiro.”

Brasil de Fato procurou a assessoria de imprensa da EBC. Até o fechamento desta reportagem, a estatal não havia se pronunciado. Caso o faça, o texto será atualizado.