Sindicato lamenta a morte de Rodrigo Rodrigues

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) lamentam a morte do jornalista Rodrigo Rodrigues, vítima de trombose venosa cerebral decorrente da covid-19, aos 45 anos.

Internado desde sábado, dia 25, o jornalista havia sido diagnosticado no último 13, após ter contato com um amigo infectado.

Rodrigues iniciou sua carreira em 1995 na Rede Vida e atuou na Tv Cultura, SBT e TV Bandeirantes. Em 2011, ingressou na área esportiva e passou pela ESPN Brasil, TV Gazeta, Rádio Globo. Desde 2019, o jornalista era contratado da Rede Globo e apresentava programas na SporTV.

Sua paixão por música o fez compor a banda “The Soundtrackers”, especializada em tocar trilhas de grandes sucessos do cinema, e escrever livros sobre o tema, como As aventuras da Blitz e Almanaque da Música Pop no Cinema.

O SJSP e a Fenaj prestam sua solidariedade aos familiares, amigos e colegas de trabalho.