banner-site-sindicalize-se

face banner          twitter banner

Sex, 17 de Novembro de 2017 00:00    PDF Imprimir E-mail
Reforma trabalhista: orientação do Sindicato aos jornalistas

Atenção, jornalista! Não assine documentos e nem aceite alterações no contrato de trabalho sem antes consultar o SJSP

Como os jornalistas sabem, a "reforma" trabalhista entrou em vigor no último dia 11 de novembro e, diante das inúmeras mudanças, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) entende ser fundamental esclarecer alguns procedimentos para garantir direitos e evitar prejuízos à categoria.

Nesta primeira semana de vigência da Lei 13.467/2017, o SJSP compartilha as orientações iniciais para problemas que podem surgir a partir desta semana.

Como não é possível saber de antemão todas as formas com as quais as empresas podem tentar usar a nova legislação, a comunicação com o Sindicato é importante para a buscar solução para cada caso e, assim, para que os jornalistas se preparem coletivamente.

Confira principais orientações para problemas que podem surgir a partir da vigência da reforma trabalhista.

a) diante de qualquer alteração nas relações de trabalho a ser feita por escrito, com anuência do jornalista, não assinar nada. Tire uma cópia da proposta, peça um tempo para pensar e entre em contato o Sindicato.

b) se a empresa o obrigar a assinar alguma alteração no contrato de trabalho, e o jornalista não conseguir se opor, escrever "ciente", assinar, levar uma cópia e entrar em contato com o Sindicato.

c) se houver qualquer comunicado interno de mudança nas relações de trabalho -- relativo a jornada de trabalho, férias, escalas etc. – entre imediatamente em contato com o Sindicato.

d) se o jornalista for demitido pela empresa, assinar apenas o "comunicado simples de demissão", escrevendo "ciente”. Qualquer outro documento estabelecendo condições para a demissão não deve ser assinado! Em caso de demissão, o jornalista deve imediatamente avisar o Sindicato e buscar orientação para o seu caso.

e) se a empresa efetuar qualquer demissão de vários jornalistas, pedir imediatamente apoio do Sindicato.

Por fim, a direção do SJSP lembra que o Sindicato organizou pautas para levar às empresas buscando reduzir os prejuízos da "reforma" trabalhista, que são fruto do debate coletivo com a categoria.

Ao mesmo tempo, o SJSP defende que a saída é a revogação da Lei 13.467 e da lei da terceirização, e, por isso, a entidade segue colhendo adesões ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular (Plip) para anular a "reforma".

Contatos do Sindicato dos Jornalistas
(11) 99300 1382 - Whatsapp para questões relativas à reforma trabalhista
(11) 3217-6299 – Sede do sindicato na capital
Para interior e litoral, contate a Regional mais próxima de sua cidade clicando aqui
Envie e-mail para: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  ou mensagem à fan page do SJSP

Escrito por: Redação – Sindicato dos Jornalistas

 

Expediente

Portal Oficial do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

 

Presidente

Paulo Zocchi

Secretária de Comunicação 

Lílian Parise

 

As matérias assinadas não representam necessariamente a opinião da diretoria.


Editora
: Flaviana Serafim


Contatos

Tel:(11) 3217-6299

Fax:(11) 3256-7191

e-mail: jornalista@sjsp.org.br

Facebook: http://www.facebook.com/SindicatoJornalistasSP

Twitter: http://twitter.com/JornalistasSP

Entidades parceiras

fenaj_186x44

cut_469x154

fij_140x140

Endereço

Rua Rego Freitas,530 - Sobreloja
Vila Buarque - SP - CEP: 01220-010
Fone: 11 3217 6299

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.

Mantido por Pandora