SJSP_728x90

face banner          twitter banner

  • Rádio
  • Imagens
  • Unidade
  • Vídeo

 

arte_ato-jornalistasface_oficial

      unidade_histrico

arte_ato-jornalistasface_oficial

Seg, 29 de Novembro de 1999 21:00   
Existem muitos interesses contrários à regulação da mídia, diz Paulo Bernardo

argaiv1597

           Foto André Freire

“Existem muitos interesses contrários à regulação. Corre-se o risco do projeto ir para a gaveta. Muitos ainda dizem que isto é censura”. Esta é a opinião do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, ao se referir ao projeto de regulação dos meios de comunicação, que está sendo elaborado com a participação de vários ministérios pelo governo da presidente Dilma Rousseff.

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo acompanhou os debates, que contou com a participação do ministro, na noite desta terça-feira (dia 15), no auditório do Sindicato dos Bancários de São Paulo. Na oportunidade foi debatido o “Plano Nacional de Banda Larga e outros desafios da comunicação”.

O ministro, que é ex-bancário, disse que o projeto do governo sobre a regulação dos meios de comunicação está sendo examinado em conjunto com outros órgãos, como a Secretaria de Comunicação (Secom) e Ministério da Cultura. Depois, será encaminhado para exame da presidenta e, se realizará consultas à sociedade durante 30 ou 60 dias.
Paulo Bernardo disse que o projeto inicial começou a ser elaborado ainda na gestão do ex-ministro Franklin Martins, que promoveu várias discussões sobre o tema, mas não foi abandonado pelo atual governo. O ministro fez questão de desmentir as manchetes dos jornais que comemoraram o enterro do projeto. “Nós devemos fazer a regulamentação da mídia”. Bernardo citou ainda os quatro artigos da Constituição que até hoje não foram regulamentados. Mas, admitiu que não será tarefa fácil. “Devemos nos preparar para uma batalha longa. Não dá para resolver logo esse assunto”.
Sobre o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), o ministro disse ser uma prioridade do governo Dilma Rousseff. Segundo explicou, as empresas de telefonia “não deram conta de massificar a banda larga no país. Foi uma opção de mercado, uma questão de retorno financeiro. Por isso o serviço é caro e para poucos”. Todo o esforço do governo será para superar este atraso. A idéia é forçar as empresas, através da recriação da Telebrás e da rede já existente de fibras óticas, abaixar os preços e expandir o serviço.
O ministro fez questão de relatar ainda que o desafio da banda larga é uma decisão da presidenta. “Quando me convidou para o ministério, Dilma enfatizou duas coisas: resolver a questão das rádios comunitárias, agilizando as outorgas; e acelerar a massificação da banda larga no país... Não dá para ser a quinta maior economia do planeta, como muitos economistas projetam, sem avançar na internet numa sociedade do conhecimento”.

 
News image

Sindicato apoia pesquisa da Unicamp sobre condições de trabalho dos jornalistas

  O pesquisador do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Thales ...

News image

Em coletiva no SJSP, Frente Povo Sem Medo garante manter mobilização contra o golpe

    A Frente Brasil Sem Medo solicitou o auditório Vladimir Herzog, do Sindicato dos Jornalistas Profission...

News image

Sindicato apoia 1º de Maio contra o golpe

Em defesa da democracia e dos direitos trabalhistas, que estão diretamente na mira dos golpistas O Sindicato...

News image

Sindicato quer punição aos agressores de fotógrafo em Santos

  O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) solicita novamente providências ...

News image

Fenaj: CEN pede atenção para prazos eleitorais

A Comissão Eleitoral Nacional pede aos Sindicatos de Jornalistas especial atenção aos prazos e encaminhame...

News image

Sindicato exige punição aos agressores de jornalista

  Em frente da Fiesp, profissional teve três dentes arrancados a golpe de porrete O Sindicato dos Jornalist...

Interior/Litoral

Livro Raiz de um Negro Brasileiro é lançado pelo jornalista Oswaldo de Camargo

News image

  No mês de outubro, o jornalista e escritor Oswaldo de Camargo, lançou em...

Jornalista Arlindo Nóbrega lança o livro Empório de Trovas

News image

    O jornalista Arlindo Nóbrega, um dos mais destacados agitadores culturais do circuito alternativo...

Regional Bauru já atende em novo endereço

News image

  A Regional Bauru do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo...

Comunicados

Abertas inscrições para Pós-Graduação em Jornalismo Literário

News image

      Filiados ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo têm...

Jornalista Ennio Brauns ministra curso de fotojornalismo

News image

    O jornalista Ennio Brauns ministrará um curso de 07 de novembro a 12...

Jornalistas debatem as pautas ambientais do século 21

News image

  Estudantes, profissionais e membros da Rede Brasileira de Jornalismo Ambiental se reúnem em...

Notícias/Geral

Sindicato lamenta a morte de Fernando Faro, o “Baixo”

News image

    O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) lamenta...

Aos 52 anos, morre o jornalista Carlos Eduardo de Souza

News image

É com pesar, que o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo...

Escola Base vira livro-reportagem em TCC da FIAM

News image

  O jornalista Emílio Coutinho é recém-formado pelas Faculdades Integradas Alcântara Machado (FIAM FAAM)...

Moagem

Vai e Vem do Mercado (Moagem) - 25/04 a 02/05

News image

Mauricio Lima ganha o Pulitzer O fotógrafo brasileiro Mauricio Lima, que atua como freelance...

“Muito além do cidadão Kane” será exibido dia 26 (terça) no Sindicato

News image

  O Cineclube Vladimir Herzog do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São...

Vai e Vem do Mercado (Moagem) - 18/04 a 25/04

News image

Estadão * Exatamente um ano depois de deixar o Estadão, em um corte que,...

Opinião e Artigos

Dilma e o tsunami da direita – por Paulo Cannabrava Filho

Dia 7 de Abril, Dia do Jornalista, jornalistas lotaram o auditório do sindicato, em São Paulo...

Globo mente e ataca trabalhadores - por Vagner Freitas, presidente nacional da CUT

News image

É lamentável que a imprensa use a liberdade de expressão, conquistada depois de muitas tort...

Muita luta em um ano difícil - a opinião do SJSP

News image

  2015 chega ao fim com o desafio da luta incansável em defesa da democracia conquistada pelo...

Cursos e Convênios

O novo cenário da mobilidade urbana em São Paulo e os desafios da cobertura jornal...

News image

...

SJSP e IPOG sorteiam bolsa para sindicalizados

News image

  No dia 07 de abril, dia do jornalista, será sorteado uma bolsa...

Assessoria de Imprensa para Feiras de Negócios e Eventos - 8h/aulas

News image

Dia 16 de abril, sábado, das 9h00 às 18h00 Parceria com a UBRAFE –...

Jurídico

Rádio e TV: sem avanço, contraposta com reposição da inflação é entregue ao pa...

News image

Direção do SJSP intensificará contato com as redações para pressionar a empresas ao reajuste...

“Pejotização” e terceirização: realidades no jornalismo

News image

    Em tempos de discussão sobre o PL 4330/04, que regulamenta a...

Preços e Salários

Jornalistas vão às ruas na manifestação do dia 18

News image

Mobilizações da próxima sexta vão reafirmar liberdade, condenar o golpe e pedir mais igualdade. Lula deve participar do ato em São Paulo A principal...

Direitos Humanos

Expediente

Portal Oficial do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

Presidente

Paulo Zocchi

Secretária de Comunicação 

Lílian Parise

As matérias assinadas não representam necessariamente a opinião da diretoria.


Editor
: Simão Zygband

Redação: Ana Paula Carrion

              

 


Contatos

 Tel:(11) 3217-6299

Fax:(11) 3256-7191

 e-mail: jornalista@sjsp.org.br

Facebook: http://www.facebook.com/SindicatoJornalistasSP

Twitter: http://twitter.com/JornalistasSP

Entidades parceiras

fenaj_186x44

cut_469x154

fij_140x140

Endereço

Rua Rego Freitas,530 - Sobreloja
Vila Buarque - SP - CEP: 01220-010
Fone: 11 3217 6299

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.

Mantido por Pandora